quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Seriously?!

Ontem a tarde, enquanto aguardava no consultório do dentista pra ser atendida, comecei a folher umas revistas velhas quando me chamou a atenção uma reportagem da Isto É sobre a dona da Daslu, condenada a 94 anos de reclusão, e efetivamente presa [na época] por nem 1/80 desse tempo.

Me deixou em choque o tom da reportagem, cujo título era algo assim: Exagero ou Justiça? Me surpreendeu por que, eu, que estou acostumada a ver esse tipo de fonte jornalística clamar contra a impunidade, não esperava ver Eliana Tranchesi [a sonegadora de milhões em impostos] ser pintada como a grande vítima da história.

Esse é aquele tipo de absurdo que você vê e que dá até vontade de comentar com o paciente sentado ao seu lado na sala de espera.

Quando o assunto é Direito Penal, eu me filio a uma corrente extremamente garantista, que tende a ver sempre a pena de prisão como ultima ratio, ou seja, como algo a se recorrer somente em casos extremos. E acho eu que nem o maior dos garantistas iria discordar que Eliana Tranchesi de vítima não tem nada, ela é, sim, integrante de um grupo que sonegou montanhas de dinheiro em impostos, burlou toda sorte de leis para trazer mercadorias de maneira irregular, e uma pena de 94 anos, pra uma criminosa contumaz, não é exagero nenhum. E se isso não for um caso extremo, eu, sinceramente, não sei mais o que poderia ser.

Mas o que me deixou mesmo admirada foi ver que a Isto É, uma revista que se diz como "de opinião crítica", deixar que se publique uma matéria de capa que se revela um verdadeiro convite à impunidade dos que roubam com estilo.

6 comentários:

Brecho Juci disse...

Ola.

Ja conhece o Brechó Juci?
Apesar do nome, vendemos apenas roupas novas!

Sua loja virtual com diversas roupas de marcas?

Carmim, colcci, ellus, armani, lacoste, ralph lauren

e muito mais.

www.brechojuci.com

Beijos

Michael disse...

depois falam que so rola impunidade aqui.. qdo punem os grandes.. a "midia" critica... é uma vergonha isso!!!

Herbert Haeckel disse...

«Isto é», «Veja», «Folha de São Paulo», «O Estado de São Paulo»... Periódicos que de críticos nada têm! Se fossem 940 anos de reclusão (e não os 94 de Tranchesi) para um trabalhador sem-terra, eles, certamente, diriam que reinava a impunidade no País... Mas, como se trata da dona da Daslu, é uma tremenda injustiça!

Fred Pimenta disse...

Acabou o milho pra Dasloca? Que nada... rs. A pipoca dela era de micro-ondas...rs

Gabriela disse...

Se a editora da Istoé começar a a aparecer bem vestida, a gente já sabe pq.

Alex disse...

Cadeia nela!!!