sábado, 21 de novembro de 2009

Eu fico sem entender essa satisfação que algumas pessoas têm de anunciar as mortes alheias. Principalmente de (pseudo) celebridades.

Normalmente, acontece assim:

- Fulano morreu! [entusiasmado]
- Quem?
- Fulano, que fez isso e aquilo, não sei aonde..
- Ah tá.

Nenhum comentário: