segunda-feira, 19 de abril de 2010

"Fico me perdendo em páginas de diários, em pensamentos e temores, e o tempo vai passando. Covardia é uma palavra feia. Receio de enfrentar a vida cara a cara. Descobri que não me busco ou, se me busco, é sem vontade nenhuma de me achar, mudando o caminho cada vez que percebo uma luz. Fuga, o tempo todo fuga, intercalada por períodos de reconhecimento".



Caio Fernanando, mais uma vez, só pra tirar a poeira disso aqui.

:)

Nenhum comentário: